Novidades ASCO GI/2019

Por Dr. Heberton Medeiros Teixeira

Entre 17 e 19 de janeiro de 2019, ocorreu em São Francisco, CA, o Gastrointestinal Cancers Symposium , conhecido como ASCO GI,  cujo principais destaques relatamos a seguir.

O primeiro estudo que vale a pena ser destacado é o COLO-PEC, o qual avaliou o benefício de quimioterapia intraperitoneal hipertérmica (HIPEC) adjuvante em pacientes com câncer de colon de alto risco para recidiva peritoneal. O ensaio clínico comparou um braço padrão (cirurgia seguido de tratamento adjuvante baseado em oxaliplatina e fluorpirimidinas) versus cirurgia seguida de HIPEC e posteriormente a QT padrão, cujos dados de sobrevida livre de metástases peritoneais não mostrou benefício para o braço experimental.

O segundo estudo que vale a pena ser reportado é o estudo francês GRECCAR – 6, que na realidade é uma atualização sobre a influência do tempo entre a finalização da quimioradioterapia e cirurgia em câncer de reto. A comparação foi entre 7 e 11 semanas para a realização da excisão total do mesoreto. Aguardar maior tempo para a realização da cirurgia não aumentou a taxa de resposta patológica completa.

E finalmente, o último estudo que será relatado, mas, não menos importante é o estudo Prep-02/SAP-05, estudo de fase III, japonês, no cenário de câncer de pâncreas ressecável neoadjuvante, onde 400 pacientes pacientes foram divididos entre o cirurgia seguido de quimioterapia adjuvante com S1 X quimioterapia neoadjuvante com gencitabina associado a S1 seguido de cirurgia. O braço com tratamento neoadjuvante resultou em um ganho de sobrevida global de 10 meses (36,7  26,7 meses), sendo mais um dado a favor do tratamento neoadjuvante nesses pacientes.

Author profile
Dr. Heberton Medeiros - Oncologia
Dr Heberton Medeiros
Médico Oncologista at Real Instituto de Oncologia

Graduação em Medicina: Universidade Federal do Rio Grande do Norte- UFRN.
Residência em Clínica Médica: Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.
Residência em Oncologia Clínica pelo AC Camargo Cancer Center, São Paulo-SP.
Mestre em Medicina Tropical pela UFPE.
Preceptor da Residência de Oncologia Clínica do Real Hospital Português.

× Olá, Como posso te ajudar?