Panitumumab em monoterapia em pacientes idosos ou frágeis em primeira linha: OGSG 1602

Panitumumab em monoterapia em pacientes idosos ou frágeis em primeira linha: OGSG 1602

Por:  

Publicado na revista The Oncologist, este estudo muticêntrico, fase 2, teve como objetivo a avaliação de eficácia e segurança de panitumumab em 1ª linha de tratamento em pacientes com Ca de colon avançado sem mutações em RAS.

O panitumumab se trata de um anticorpo monoclonal inibidor de EGFR (Receptor de fator de crescimento epidérmico), habitualmente utilizado em combinação com quimioterapia com fluoropirimidina e platina ou irinotecano. Os pacientes elegíveis ao estudo tinham mais de 76 anos ou mais de 65 anos desde que não candidatos a quimioterapia. Era administrado Panitumumab em sua dose habitual, 6mg/kg a cada 2 semanas.

O objetivo primário era controle de doença e os desfechos secundários eram sobrevida livre de progressão, sobrevida global, taxa de resposta, tempo para falha terapêutica e incidência de toxicidades graus 3 ou 4.

Foram incluídos 35 pacientes com idade média de 81 anos. A maioria dos pacientes, apesar da idade e fragilidade, tinham ECOG 0 ou 1, assim como a maioria dos pacientes tinha doença em colon esquerdo (77,8%).

Em relação aos desfechos, a taxa de resposta em toda a população incluída foi de 50%, incluindo 8,8% de resposta completa. 26,5% obtiveram doença estável. Quando realizada análise de subgrupo, percebeu-se a taxa de resposta se deu apenas nos pacientes com tumor em cólon E.

Do ponto de vista do perfil de segurança, toxicidade grau 3 e 4 se caracterizou por surgimento de rash (17%), hipomagenesemia (11%), fadiga, paroniquia e hiponatremia. Esses achados são compatíveis com o já descrito na literatura, não parecendo haver aumento das toxicidades severas nesta população específica.

Em resumo, este estudo mostrou um perfil favorável em pacientes com Ca de colon WAS wildtype, especialmente em tumores de colon esquerdo, devendo ser aguardados os resultados de sobrevida livre de progressão e sobrevida global. Como limitações, tratou-se de estudo Fase 2 e realizado apenas em população asiática, devendo ter seus dados interpretados com cautela para a população ocidental.

 

Author profile
Dra Carolina Zitzlaff
× Olá, Como posso te ajudar?