Touca de Crioterapia

Uma grande preocupação estética das pacientes que passam por quimioterapia é o impacto do tratamento nos cabelos.

Alopecia como costuma ser chamada pelos especialistas é a queda dos cabelos pelo efeito colateral da quimioterapia.

Entenda por que os cabelos caem.

Entenda por que os cabelos caem.

A quimioterapia age em todas as células que se dividem rapidamente.

Uma vez que o cabelo também é formado por células e com alta taxa de crescimento, essas sofrem a ação da quimioterapia levando a alopecia.

Como é o processo de resfriamento.

O processo de resfriamento é a redução da temperatura do couro cabeludo, através do resfriamento da touca, anterior, durante e posteriormente a todo o procedimento quimioterápico.

A quimioterapia causa danos ao folículo capilar e esse dano diminui com o resfriamento, já que a temperatura amena causa a redução de fluxo sanguíneo nos folículos.

Existem vários tipos de droga para a quimioterapia e o resfriamento é indicado no uso das drogas: Epirrubicina, Doxorrubicina, Taxol e Taxotere. Converse com seu médico se o seu tratamento é compatível com o uso da touca.

 Quanto tempo leva a sessão

É importante começar o resfriamento 30 minutos antes da infusão. A touca é mantida durante todo o processo de infusão da droga e pode ser mantida até 90 minutos após.

Dor

O paciente pode sentir desconforto nos primeiros 15 minutos por conta da baixa temperatura, mas logo o paciente se acostuma com a sensação.

Assim quando for para uma sessão para uso da touca, lembre-se de levar um agasalho para manter-lhe aquecido durante todo tempo.

Benefícios.

  • Reduz o risco de queda do cabelo;
  • Aumento de autoestima;
  • Permite a socialização de forma mais espontânea;
  • Auxilia psicologicamente no tratamento;
  • Preserva a autoimagem;
  • Mantem o couro cabeludo em suas temperaturas;
  • Alto nível de tolerância.

Algumas atenções ao usar a touca.

  • Preste atenção se o topo da touca cobre toda a cabeça;
  • Veja se a touca está ajustada ao sua cabeça;
  • Se você sentir dor de cabeça, pergunte ao médico se pode tomar um analgésico;
  • Se o resfriamento não estiver uniforme, informe a alguém da equipe;
  • Efeitos colaterais, como frio, dor de cabeça e tonturas são normais.

 Garantia do resultado.

Ter um resultado positivo depende de alguns fatores como o tipo e estágio da doença, tipo de cabelo, idade e saúde do corpo, por isso em alguns casos podem ocorrer perda de cabelo total ou de pequenas quantidades.

Você também pode potencializar o cuidado com os cabelos, através de simples coisas que podem ser feitas em casa como:

  • Delicadeza ao pentear os cabelos;
  • Evitar prender os cabelos;
  • Evitar o uso de tranças;
  • Evitar calor excessivo;
  • Usar fronhas de seda ou cetim;
  • Usar toucas de dormir nos cabelos;
  • Beber bastante água;
  • Evitar produtos químicos.

 Como lavar os cabelos.

  • Utilizar shampoos de pH balanceado;
  • Lavar o cabelo com água morna ou fria;
  • Evitar shampoos e condicionadores hidratantes e de volume;
  • Lavar o cabelo no máximo duas vezes na semana;
  • Deixar os cabelos secarem naturalmente;
  • Lavar o cabelo um ou dois dias antes do tratamento;
  • Lavar o cabelo somente após 24h o tratamento;
  • Lavar o cabelo suavemente.

 

Posso pintar os cabelos durante o tratamento?

Não é aconselhável pintar os cabelos, mas se ocorrer de pintar é importante que seja antes do início do tratamento.

As tintas utilizadas não devem conter amônia e peroxido.

Pacientes que realizam 3 ciclos semanais só podem pintar os cabelos após uma semana do tratamento, mas é recomendável tingir os cabelos após 3 meses do termino da quimioterapia.

 Posso ir ao salão?

Não é aconselhável, mas caso queira é necessário que o cabelereiro saiba das suas condições e cuidados que deve ter com seu cabelo.

Para uma potencialização do resultado do tratamento é necessário seguir todas as recomendações.

Lembrando que os fatores que podem desencadear a queda muda de pessoa para pessoa, por isso não é garantido que o tratamento tenha 100% de eficácia.

Se tiver dúvidas converse com seu médico.

× Olá, Como posso te ajudar?